Sobre a “Unidos pela nutrição clínica” | Unidos pela nutrição clínica

Sobre a “Unidos pela nutrição clínica”

Unidos na Luta contra a Desnutrição Relacionada a Doença

Em todo o mundo, um em cada quatro pacientes hospitalares sofre o risco de desnutrição relacionada a doença.1,2,3,4,5,6,7 Especialmente na América Latina, quase 50% dos pacientes hospitalizados apresentam um quadro de desnutrição.8,9,10,11,12,13 A desnutrição relacionada a doença impacta de maneira negativa os resultados dos pacientes e aumenta os custos de longo prazo.14

Até 50 por cento dos pacientes nos hospitais da América Latina são subnutridos

A “Unidos pela nutrição clínica” foi criada pela Fresenius Kabi como uma iniciativa para trabalhar em conjunto com profissionais e autoridades da saúde para combater a desnutrição relacionada a doença, especialmente em países latino-americanos. Este website atua como um centro de informação para detectar, abordar e tratar a desnutrição hospitalar, apresentando pesquisas aprofundadas sobre o diagnóstico nutricional e a avaliação de risco feitos de forma adequada, bem como a administração, mistura e manuseio de nutrição parenteral (NP) e os benefícios do tratamento. Estarão incluídas avaliações hospitalares, treinamentos on-line e off-line e eventos educacionais sobre nutrição clínica com foco em NP.

Fazendo a Diferença para Pacientes com Desnutrição Relacionada a Doença

O primeiro passo é aumentar a conscientização sobre nutrição clínica e desnutrição relacionada a doença pela abordagem deste problema. A nutrição clínica adequada tem o impacto benéfico de reduzir os custos de tratamentos de saúde, bem como diminuir o uso de recursos. Neste website, profissionais da saúde podem acessar artigos, notícias, vídeos, webinários, downloads, aulas interativas e guias práticos para aprender sobre a desnutrição hospitalar e como detectá-la e tratá-la. Também estarão disponíveis neste website oportunidades de treinamento contínuo e eventos regionais.

A Missão da “Unidos pela nutrição clínica”: Combater a Desnutrição Hospitalar

A missão da “Unidos pela nutrição clínica” é contribuir para a terapia bem-sucedida e a qualidade de vida. Com as informações sobre nutrição clínica fornecidas aqui, esperamos ajudar os profissionais da saúde a reduzir o tempo de internação hospitalar e o risco de reinternações. O uso de avaliações de risco nutricional, exames nutricionais, apoio nutricional adequado e acompanhamentos regulares para melhorar a nutrição clínica pode reduzir significativamente a desnutrição relacionada a doença.5,15,16,17 Pesquisas recentes indicam que o apoio nutricional adequado pode diminuir as taxas de complicação em até 56% em pacientes hospitalares cirúrgicos, ortopédicos, geriátricos e neurológicos em comparação com o tratamento comum.18,19

Por que a Fresenius Kabi apoia a “Unidos pela nutrição clínica”

A filosofia corporativa da Fresenius Kabi é “Caring for life”. Com a iniciativa “Unidos pela nutrição clínica”, a empresa está assumindo seu compromisso com a nutrição clínica e ajudando os profissionais da saúde a encontrar as melhores soluções aos desafios que enfrentam. A Fresenius Kabi quer auxiliar os profissionais da saúde a entender, identificar e tratar a desnutrição relacionada a doença, de modo que os pacientes possam se beneficiar de um tratamento nutricional mais adequado.

  • 1. Russell C, Elia M. Nutrition screening survey in the UK. Redditch, BAPEN 2008.
  • 2. Russell C, Elia M. Nutrition screening survey in the UK. Redditch, BAPEN 2009.
  • 3. Russell C, Elia M. Nutrition screening survey in the UK. Redditch, BAPEN 2011.
  • 4. Russell C, Elia M. Nutrition screening survey in the UK. Redditch, BAPEN 2012.
  • 5. a. b. Meijers JM, Schols JM, van Bokhorst-de van der Schueren MA et al. Malnutrition prevalence in The Netherlands: results of the annual dutch national prevalence measurement of care problems. Br J Nutr 2009;101(3):417-423.
  • 6. Imoberdorf R, Mayer R, Krebs P et al. Prevalence of undernutrition on admission to Swiss hospitals. Clin Nutr 2010;29(1):38-41.
  • 7. Schindler K, Pernicka E, Laviano A et al. How nutritional risk is assessed and managed in European hospitals: a survey of 21,007 patients findings from the 2007-2008 cross-sentinel nurtritionDay survey. Clin Nutr 2010;29(5):552-559.
  • 8. Correia MI, Campos AC, ELAN Cooperative Study. Prevalence of Hospital Malnutrition in Latin America: The Multicenter ELAN Study Nutrition 2003;19:823–825.
  • 9. Fontes D, Generoso Sde V, Toulson Davisson Correia MI. Subjective global assessment: a reliable nutritional assessment tool to predict outcomes in critically ill patients. Clin Nutr 2014;33(2):291-295.
  • 10. Garcia RS, Tavares LR, Pastore CA. Nutritional screening in surgical patients of a teaching hospital from Southern Brazil: the impact of nutritional risk in clinical outcomes. Einstein 2013;11(2):147-52.
  • 11. Prado C, Campos J. Nutritional status of patients with gastrointestinal cancer receiving care in a public hospital; 2010-2011. Nutr Hosp 2013;28(2):405-411.
  • 12. Waitzberg DL. Hospital malnutrition: the Brazilian national survey (IBRANUTRI): a study of 4000 patients. Nutrition 2001;17(7-8): 573-80.
  • 13. De Souza VC, Duradob KF, Limaa ALC et al. Relationship between nutritional status and immediate complications in patients undergoing colorectal surgery. J Coloproc 2013;(33)2:83–91.
  • 14. Norman K, Pichard C, Lochs H et al. Prognostic impact of disease-related malnutrition. Clin Nutr 2008;27(1):5-15.
  • 15. Hiesmayr M, Schindler K, Pernicka E et al. Decreased food intake is a risk factor for mortality in hospitalised patients: the NutritionDay survey 2006. Clin Nutr 2009;28(5):484- 491.
  • 16. Kruizenga HM, Van Tulder MW, Seidell JC et al. Effectiveness and cost-effectiveness of early screening and treatment of malnourished patients. Am J Clin Nutr 2005;82(5):1082- 1089.
  • 17. De van der Schueren M, Elia M, Gramlich L et al. Clinical and economic outcomes of nutrition interventions across the continuum of care. Ann NY Acad Sci 2014;1321:20-40.
  • 18. Stratton RJ, Green CJ, Elia M. Disease-related malnutrition: an evidence based approach to treatment. Wallingford: CABI Publishing, 2003.
  • 19. Sorensen J, Kondrup J, Prokopowicz J et al. EuroOOPS: an international, multicentre study to implement nutritional risk screening and evaluate clinical outcome. Clin Nutr 2008;27(3):340-349.