Aprendendo mais sobre a iniciativa "Unidos pela nutrição clínica" e o Screening Day América Latina | Unidos pela nutrição clínica

Aprendendo mais sobre a iniciativa "Unidos pela nutrição clínica" e o Screening Day América Latina

Opiniões de especialistas sobre a importância da iniciativa "Unidos pela nutrição clínica" e o Screening Day América Latina

Durante o congresso anual da Sociedade Europeia de Nutrição Clínica e Metabolismo (ESPEN), vários especialistas foram entrevistados quanto a suas opiniões sobre a iniciativa "Unidos pela nutrição clínica" e o Screening Day América Latina. Eles expressaram seu apoio e concordaram que a iniciativa é o passo certo para combater a desnutrição relacionada a doença, bem como as deficiências calóricas e proteicas nos hospitais. Eles também enfatizaram a importância do Screening Day América Latina e como esse estudo pode ajudar a melhorar as condições para hospitais e pacientes. A iniciativa "Unidos pela nutrição clínica" fornece uma oportunidade para que especialistas e hospitais trabalhem juntos para melhorar a nutrição hospitalar. Estes são alguns dos especialistas que contribuíram para a discussão:

  • Drª. Karin Papapietro: médica cirurgiã da Faculdade de Medicina da Universidade do Chile
  • Dr. Guillermo Carlos Contreras: chefe do departamento de emergência e tratamento intensivo do Hospital Guillermo Kaelin em Lima, Peru
  • Dr. Roger Enrique Riofrio: cirurgião geral da Universidade Central do Equador
  • Carolina Méndez Martínez: nutricionista da Universidade Nacional da Colômbia
  • Dr. Alfredo Matos Adames: professor de nutrição clínica e cirurgia na Faculdade de Medicina da Universidade do Panamá 


O Congresso da ESPEN é um encontro anual que aborda vários tópicos nos campos da nutrição parenteral e enteral, e que recentemente reuniu mais de 3 mil participantes de 82 países de todo o mundo. Em setembro de 2015, o Congresso Anual da ESPEN foi realizado em Lisboa, no qual foram conduzidas diversas entrevistas com renomados especialistas da América Latina. Abaixo você encontrará vídeos e mais informações sobre as opiniões e ideias desses especialistas.


Qual é o objetivo da iniciativae qual é papel do Screening Day América Latina nessa ação?

Drª. Karin Papapietro
Minha motivação para apoiar esta iniciativa tem a ver com o trabalho que pode ser feito transversalmente na América Latina, com outros centros e países, a fim de fortalecer a ideia da nutrição como parte integrante do tratamento dos pacientes. Com isso, conseguiremos promover de forma mais eficiente a importância da nutrição clínica para o tratamento do paciente como um todo.

Dr. Guillermo Carlos Contreras:  
A iniciativa ajudará a indicar exatamente o que estamos fazendo e o que não estamos fazendo, muitas vezes há coisas que deixamos de valorizar nas terapias intensivas. Quando os dados do Screening Day estiverem disponíveis, poderemos ter informações que nos permitam tomar decisões rápidas, e decisões que nos ajudarão a modificar os prognósticos e a avaliação de pacientes em estado crítico. Este é o início da mudança para investir mais na saúde e na educação, o que permitirá que iniciativas como a "Unidos pela nutrição clínica" mudem o foco desse esforço, projetado para toda a população nacional, para os pacientes. Além disso, nos permitirá treinar profissionais de saúde das gerações atuais e futuras para que se estejam completamente conscientes e concentrados em atingir um melhor estado nutricional dos pacientes, especialmente em áreas relacionadas ao tratamento intensivo.

Dr. Roger Enrique Riofrio:  
O Screening Day ajudará a identificar dois tópicos principais: se estamos fornecendo as calorias necessárias aos pacientes que estão recebendo nutrição parenteral e enteral, e como estamos gerenciando o lado clínico do suporte nutricional. Nesse dia, avaliaremos os pacientes na unidade de terapia intensiva e determinaremos suas condições. O importante aqui é fornecer evidências para um problema que todos sabemos que existe, e se estamos fornecendo nutrição suficiente e atingindo os alvos nutricionais.

Carolina Méndez Martínez:  
O Screening Day é a primeira estratégia aplicada a pacientes em tratamento intensivo, é uma oportunidade de se obter dados locais. Por exemplo no meu caso, você pode dizer que represento a Colômbia, e poderemos dispor dos dados latino-americanos para conhecer a situação real de nossos pacientes. Quero convidar todas as instituições para participarem ativamente deste estudo. Isso nos permitirá ter melhores protocolos de gestão e informações para gerar essas estratégias essenciais. Estou muito motivada e espero que todos nós trabalhemos juntos nessa questão.

Dr. Alfredo Matos Adames: 
É um movimento apoiado pela Organização Pan-Americana da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde, que lembrou a todos os participantes que a nutrição é um direito humano. Se não damos a melhor nutrição a um paciente, estamos violando seus direitos humanos. O projeto "Unidos pela nutrição clínica" é, sem dúvida, um reflexo dessa integração, no sentido de que devemos nos preocupar mais e mostrar maior interesse em alcançar esse objetivo. É uma oportunidade incrível, e estou muito feliz com a oportunidade de fazer parte dela.

Entrevista da Drª. Karin Papapietro, na qual ela dá sua opinião sobre a Unidos pela nutrição clínica e o Screening Day

Entrevista do Dr. Guillermo Carlos Contreras, no qual ele dá sua opinião sobre a Unidos pela nutrição clínica e o Screening Day

Entrevista do Dr. Roger Enrique Riofrio, no qual ele dá sua opinião sobre a Unidos pela nutrição clínica e o Screening Day

Entrevista de Carolina Méndez Martínez, na qual ela dá sua opinião sobre a Unidos pela nutrição clínica e o Screening Day

Entrevista do Dr. Alfredo Matos Adames, no qual ele dá sua opinião sobre a Unidos pela nutrição clínica e o Screening Day